sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Férias

Nem acredito! Estou no início do ano e também no início das minhas primeiras férias em quatro anos! Não que não tenha parado nenhum minuto ao longo desse tempo de formada, mas nunca com a estabilidade de férias! Tudo do jeito que eu estava realmente precisando: acordo às 13 horas, não faço nada e ainda sobre tempo pra fazer nada pelo resto do dia. Na semana que vem vou viajar. Mas nada me faz esquecer a paixão pelas letras. Meu, isso parece mais uma doença! Sabe o que eu faço quando canso de fazer nada? Escrevo! Isso é realmente alguma doença que eu contraí naquela universidade. Não é possível!
Isso não quer dizer que quero voltar a trabalhar amanhã. Isso quer dizer que, por mais que meu corpo e cabeça fiquem cansados, o amor que tenho pelo que eu faço supera isso. É essa superação que me fez agüentar todo esse tempo. É esse amor que brota sei lá de onde que me faz abaixar a cabeça diante de mil desaforos e voltar para o meu teclado com força nos dedos para escrever histórias.
Um dos meus desejos para 2008 é continuar amando. Pq sem esse amor, sem essa paixão que nunca acaba, é impossível retomar. Ao coração de Deus peço apenas que me ensine a amar e amar cada vez mais. A minha profissão, as pessoas com quem convivo, as pessoas que não conheço, o mundo. Quero, como Santa Teresinha, dizer que minha vocação é o amor. Mesmo sabendo que não sou tão nobre para isso. No coração do mundo, o meu lugar, serei tudo, serei o amor. Desculpe o plágio mal feito, Teresinha, devem ser os dias parados!

3 comentários:

Samuel "bussunda" disse...

o amor é essencial na nossa vida, pena que ja foi muito banalizado e confundido mas o que vc escreveu sobre amar o que faz e amar o proximo o verdadeiro Amor aquele com A maiusculo por vir de Deus são poucos os que falam.

Bia R. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bia R. disse...

Olha eu aqui!!! Fiz a busca no orkut e não deu resultado. Aiiiiiii, que pena!!! Adorei te ver, conversar com vc e te abraçar. Sabe que eu acho que não abracei o quanto deveria??!!! E já estou com saudades da minha amiga querida, tão linda e sempre pronta pra estender seu ombro amigo. Obrigada por tudo. Amo vc.